Procure meus artigos por palavra-chave

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Janelas da Vida

Janelas da Vida
Prof. Chafic Jbeili - www.chafic.com.br

Conto a história sobre a jovem que morava em uma casa simples entre o vale e a colina. Sempre que podia, essa jovem se dirigia para os fundos da casa e ficava debruçada na janela olhando as tralhas que acumulavam no quintal. Sua visão era limitada e sombria, pois o fundo da casa dava para uma parede de pedras e ali o sol mal conseguia iluminar. Vez ou outra os olhos da jovem acompanhavam atentamente os movimentos da aranha e das cobras que habitavam as pedras.

Com o passar dos anos os ânimos e a vitalidade dessa jovem iam desfalecendo pouco a pouco e seu semblante era entristecido, até o dia em que um senhor peregrino andava errante por aquelas bandas e resolveu pedir um pouco de água. Enquanto bebia e descansava o homem resolveu indagá-la, com todo respeito, o motivo de sua aparência triste e sem vida.

Ela dizia: “Não é alegre o meu coração. Passo os meus dias olhando as tralhas que se acumularam em meu quintal ao longo dos anos e agora minha companhia são as pedras, as aranhas e as peçonhentas cobras da montanha. Venha meu senhor e veja de minha janela os motivos de minha angústia e de minha tristeza. Tenho ou não tenho razão de estar assim?”.

Concordando, o homem perguntou-lhe se naquela casa havia mais janelas e a moça respondeu afirmativamente e foi logo mostrando cada uma delas. Ao chegar à janela que dava para o vale, o homem avistou uma paisagem deslumbrante, bem característica de um vale cinematográfico, com rio, cascata, árvores floridas, águias cantando em revoada no céu e um lindo por do sol no límpido e extenso horizonte. O infinito era um convite à imaginação!

A própria jovem ficou fascinada com tamanha beleza e enquanto seu semblante mudava radical e instantaneamente o fôlego de vida ia se restabelecendo em sua expressão. Ela mesma não parava de se questionar porque havia adquirido o hábito de permanecer por tanto tempo debruçada na tenebrosa janela dos fundos e agradeceu o velho por sua acidental, mas oportuna presença.

O homem então sorrindo entendeu o motivo e a razão de seu incidente e agradeceu a jovem que sem entender perguntou como podia ele se alegrar com a própria falta de sorte, já que estava ali por um erro de direção. O velho sábio respondeu: Às vezes, acontecem coisas tão maravilhosas quando tudo dá errado que não teriam acontecido se tudo tivesse dado certo.

Moral da história: A nossa vida é como aquela casa da colina: Existe a janela que dá para um passado sombrio, com algumas pessoas que nos causaram dores; com amargas lembranças das conquistas quase realizadas; das perdas vivenciadas, entre outras mazelas da vida. Essas são as nossas tralhas mentais, que naturalmente se acumulam à medida que a vida passa!

Mas em nossa vida também existe a janela da frente, que dá para um horizonte belíssimo, extenso, cheio de oportunidades, de grandes possibilidades, de novas realizações e que renovam nossas esperanças dia a dia, revigorando os ânimos e tornando nossas expressões cintilantes. Cabe a nós escolher em qual janela queremos permanecer debruçado.

Eu já fiz a minha escolha e quero viver fascinado curtindo o meu presente e idealista em relação ao meu futuro. Do passado só quero a experiência que me fortaleceu e me fez ser quem eu sou hoje. E você? Em qual janela escolherá ficar? A que te adoece ou a que te revigoram os ânimos? Então, sempre que uma lembrança ou pensamento ruim lhe vier à cabeça experimente mudar de janela!

Prof. Chafic Jbeili
Consultor vivencial, Psicanalista, Psicopedagogo e Escritor.

CONSULTORIA - CURSOS - OFICINAS - PALESTRAS
Formação continuada e qualificação profissional
(38)3082-0876 | (38)9184-0439
e-mail: chafic.jbeili@gmail.com
Montes Claros(MG) | Brasil

7 comentários:

  1. Professor Chafic:

    Seus textos são primorosos, inspirados como luz, clareando e trazendo à tona a verdade do conhecimento pertinente, repletos de vivências,poesia,profundos como a filosofia, ricos e cheios de espiritualidade, é sempre um prazer e renovador acompanhar seu crescimento, continue assim,sou leitora assídua e aprendo muito,seus textos são sábios e especiais. EDNA.

    ResponderExcluir
  2. Mércia christiane Ferreira Lopes3 de maio de 2010 12:44

    Re(vendo) os temas postados não consigo dispensar comentário sobre o texto "Nas janelas da vida",amooooo de paixão e jamais irei esquecer. Ficou registrado na minha vida no sentido das reflexões, discussões e ensinamentos. É muito liiindo!!!
    Parabéns Chafic!

    ResponderExcluir
  3. É um texto verdadeiramente profundo, e nos faz querer rever algumas janelas, que andam perdidas em nos mesmo, e nos instiga a olhar de forma diferente para aquelas aparentemente sem importancia.Parabens o seu trabalho e lindo!

    ResponderExcluir
  4. adoro seus texto me sinto na varanda da minha chacara quanda os leio parabens | OBRIGADO

    ResponderExcluir
  5. É incrível como em certas ocasiões desejamos colocar em palavras o que nos vai ao coração e não conseguimos, ai, DEUS nos faz ler um texto como este. É justamente assim que eu me encontro neste momento, deixei a janela que dava para o lado sombrio da minha vida e agora estou em outra janela descoberta há pouco tempo, cheia de vales, verde, e um horizonte belíssimo.
    Adoro seus textos, pois eles me trazem uma paz enorme e sempre os passo adiante.
    Parabéns!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Olá Prof. muito interessante esse texto, muitas vezes olhamos só para uma direção fora de nós e esquecemos de olharmos para entro de nós mesmos. Parabéns!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Boa noite professor!

    Encontrei seu Blog através de um texto seu no site de dicas e adorei. Esse texto me lembrou o Anuncio de Olavo Bilac. Muito bom! Acontece assim mesmo conosco, mergulhamos na parte sombria da vida e esquecemos as outras tantas iluminadas que ela nos oferece. Já sou seguidora e estarei compartilhando textos seus no meu blog. Nem preciso dizer que todos os créditos serão dados. Obrigada por disponibilizar tanta coisa boa.
    Tenha um excelente domingo!!!
    Abraços!!

    ResponderExcluir

Gostou do texto? Tem alguma consideração a fazer? Pro favor, quero saber sua opinião!

Cartilha sobre burnout em professores. Distribua!

Qual assunto te interessa mais?